Bolsas asiáticas fecham mistas, visando o petróleo e estímulos na China

Nessa terça-feira as bolsas asiáticas fecharam para ambos os lados,  o que mais se falou foi sobre os Estados Unidos sobre a decisão de cortar a isenção concedida a países compradores de petróleo iraniano e sinais de que a China poderá fazer sua agressiva campanha de estímulos econômicos.

Impulsionado por ações dos setores petrolífero e minerador a petroleira Inpex, subiu 2,8%, Japão, índice Nikkei subiu 0,19% hoje, a 22.259,74 pontos.

Como esperado os Estados Unidos, confirmaram que não irão mais renovar isenções concedidas para oito países para importar petróleo do Irã, que está sob sanções de Washington. As cotações do petróleo dispararam entre 2,3% e 2,9% ontem e aumentaram os ganhos na madrugada desta terça-feira.

Comentários Facebook